Etiqueta Empresarial Etiqueta sem Frescura Pitaco

Depois da facada: acreditar para reverter.

Buquê de flores em papel crepom alaranjadas e amarelas em tom vivo. Em close no fundo branco!
image_pdfimage_print

Buquê de flores em papel crepom alaranjadas e amarelas em tom vivo. Em close no fundo branco!

Depois da semana intensa, movimentada e violenta como foi a passada talvez seja hora de refletir e pensar que é preciso uma ação mais moderada – embora firme. Que tal começar por agradecer?  Agradecer que o atentado ao candidato Jair Bolsonaro não foi fatal. Embora não seja meu candidato, acredito de verdade que foi melhor assim…

E como é  bom poder agradecer! Faça uma lista de 3 pequenas coisas que pode agradecer e verá que ela acaba sendo maior do que apenas 3…

Acreditar sem ver – insisto  que precisamos tentar acreditar mais – apesar das manchetes dos jornais, apesar do atentado a nossa democracia, da aparente e palpável crise, dos refugiados sendo expulsos com virulência,  dos incêndios – e de outros estragos na nossa natureza. Apesar dos pesares.

vamos tentar reverter esse quadro? Só será possível se todos acreditarem.  Vamos ousar mais e  fazer por mudar o que nos incomoda e aflige – nem que seja do pequeno de nosso lar para fora: para a casa do vizinho e do melhor amigo. E daí, para outros, em uma grande onda de boas mudanças. Talvez  esteja sendo irritantemente inocente, mas prefiro pensar assim.

Sei que está difícil e que, às vezes dá uma vontade danada desistir . Mas, difícil por difícil, não se paralise na decepção: escolha a dificuldade que talvez transforme, aquela que talvez te traga uma mudança esperada e bem vinda. Pense nisso!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

2 Comentários

  • Responder
    Izoleth Marcelino
    27/12/2015 as 13:38

    Boa tarde!
    Claudia,

    Concordo que devemos ousar, buscar e realizar o nosso melhor e assim poder ajudar ao próximo. Desistir não, mas à vezes precisamos dar uma pausa, refletir e encontrar soluções para que nos sintamos mais fortes e confiantes para o que virá e com isso poderemos seguir livres, leves e soltos para uma vida tranquila.
    Um lindo ano novo com saúde, felicidade e sucesso!
    Abraços e obrigada,
    Izoleth Marcelino

    • Claudia Matarazzo
      Responder
      Claudia Matarazzo
      02/01/2016 as 16:49

      Cara Izoleth – obrigada pelo carinho! E sim você tem razão: as pausas são necessárias para recarregar e refletir! Sou fã das pausas..

      Um lindo ano para você e um beijo com carinho!

    Deixe um comentário