Etiqueta sem Frescura Motherholic

Chá da Revelação – precisa mesmo?

duas guirlandas feitas de cursinhos de pano rosa e azul estão penduradas em um portão de grades de ferro pretas em um claro sinal de boas vindas a quem chegar e sinalizando que nessa casa nasceram bebês.
image_pdfimage_print

duas guirlandas feitas de cursinhos de pano rosa e azul estão penduradas em um portão de grades de ferro pretas em um claro sinal de boas vindas a quem chegar e sinalizando que nessa casa nasceram bebês.

É o tal chá da revelação! Você já deve ter ouvido falar e deve até ter achado bonitinho: a mãe, depois de saber o sexo do bebê, compartilha essa informação apenas com a boleira que vai fazer um bolo bem bacana com um recheio que será azul ou rosa – dependendo do sexo da criança.

Aí, ainda no início da gravidez, a mãe faz um chá de bebê e apenas ao cortar o bolo o pai fica sabendo se será pai de menino ou menina!

dois bebês com cerca de um mês estão em duas cestas diferentes um vestido de azul outro de cor de rosa e ambos dormem .

Gente, menos! Encarando a realidade da crise que estamos vivendo, sugiro menos malabarismo para anunciar o sexo da criança e fazer um chá só – e depois do nascimento .

 As vantagens são muitas: além de aproveitar melhor o tempo para planejar a chegada e os novos espaços, quando nascer o bebê, será inevitável apresentá-los a avós, família, amigos etc.

Portanto, minha amiga e comadre Susie acertou em cheio e, exatamente um mês depois da chegada de Max e Francesca, deu um show ao receber a turma para conhecer os lindos netos gêmeos!

sobre uma mesa de laca preta vários elementos decorativos em azul e rosa: as inicias F e M , docinhos embalados nas duas cores, uma cesta central com pacotinhos de bem casados em rosa e azul e dois bolos falsos, quadrados um rosa outro azul com um urso de pelúcia em cima finalizando o visual.

O encontro foi cheio de pequenos detalhes como os guardanapos embalados caprichosamente em fitas azuis e rosa e outras delicadezas. Mas  a mãe já estava bem e serena, a avó tranquila e o pai orgulhoso  e feliz – enfim: um encontro onde toda a expectativa e incerteza de antes do parto foi substituída por realização e plenitude!guardanapos e papel brancos estão sobre uma bandeja de prata amarrados em fitas bem finas rosa e azul.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

6 Comentários

  • Responder
    Claudia Sampaio
    04/04/2017 as 01:40

    Nossa, me espanta muito a sua desinformação sobre o evento. Não é a mãe que conta pra boleira. O exame é entregue diretamente na confeitaria para que na hora do evento ela desfrute da “novidade” com as pessoas que mais ama. Cada um celebra seu filho como quer e quando pode. Tem mães que se sentem ótimas nessa fase da gravidez, quando os enjoos já passaram , e péssimas nos primeiros meses de nascimento do bebê. Chique é não criticar a alegria alheia, ainda mais em tempos tão duros, como você pontuou. =)

    • Claudia Matarazzo
      Responder
      Claudia Matarazzo
      04/04/2017 as 14:38

      Cara Xará: já vi de tudo a mãe cotando, a boleira e até – acredite – o médico…. Não estou criticando não apenas sugerindo que em vez de tanto aparato o casal comemore entre si e com mais economia para depois, aí sim , com o bebê lindo e presente, apresenta-lo a todos. Faz mais sentido né?
      beijos

  • Responder
    Aline
    20/02/2018 as 07:15

    Isso se chama chá de revelação.
    Chá de concepção é outra coisa, bem bizarra, por sinal.

    • Responder
      Mário Ameni
      26/02/2018 as 08:37

      Aline

      Grato por essa correção, que faz toda a diferença. Realmente o outro é bizarro. Agradeço a sua colaboração ao blog. Mario

    • Responder
      Mário Ameni
      26/02/2018 as 08:48

      Cara Aline
      Realmente o Chá é de Revelação, pode ir para o “video-show” essa revelação. Falha nossa !!! O outro chá é realmente muito bizarro. Agradeço o carinho e atenção ao nosso blog. Aguardamos outras contribuições, é muito importante. Abraços Mario

  • Responder
    Silvia Rama
    05/05/2020 as 10:06

    Chá de revelação foi o chá mais desnecessário que eu já vi. Além de ser gasto dinheiro à toa não é um evento muito prazeroso de se ir. Outra coisa que se me convidarem eu nem vou é mesversário

  • Deixe um comentário