1

Como usar Coral…

O coral consegue agradar – e valorizar- todos os tipos de mulheres e também homens. De modo geral, é um tom alegre que enfeita pessoas com todos os tons de pele e cabelos – menos as ruivas de pele rosada ou mesmo quem tem com cabelos muito vermelhos

Você pode encontrar uma variedade muito maior de alternativas em todos os itens e acessórios para escolher (ou mesmo levar todos) sem medo.

Vermelho ou Coral, não importa: é um tom antigo, vibrante e eterno. Vem vestindo há séculos, desde Papas e Rainhas até ciganas voluptuosas, piratas e cortesãs famosas.

Os geniais estilistas Valentino e Saint Laurent que o digam: em seus desfiles mais ousados e criativos o Coral imperava, quebrado ou complementado em requintadas combinações com outros tons exóticos e inusitados.

Todos concordam que é uma cor que levanta a fisionomia e, além de alegre, ilumina os traços combinando com quase tudo.

Para um visual mais leve– use com branco, rosa claro, verde água, amarelo claro, cinza pérola…

Para uma produção mais ousada e marcante – use com roxo, preto, azul bic ou azul marinho, verde folha, marrom chocolate…

Há quem aponte a eventual desvantagem de que é muito marcante, chamando demais a atenção. Mas e daí? Quem não quer ser percebida?! E você pode usar perto do rosto, como caso de camisas e regatas ou longe se quiser usar calças modernas ou saias luminosas. Ou apenas em um acessório como o cachecol, uma bolsa ou sapatos ultra femininos…

Marcante, mas não datada – se você ainda não se convenceu, experimente usar os poucos e use o seguinte critério: justamente por ser um tom vibrante, na hora de escolher, dê preferência a modelos mais clássicos, sem muitos detalhes e atemporais.




Noiva Grávida – planeje bem seu vestido

Moça grávida de aproximadamente 9 meses, com vestido de noiva simples, com cor creme, modelo tomara que caia, com tecido fluido que cai em camadas envolvendo seu corpo levemente de forma a deixar os movimentos livres e a barriga confortável.

Hoje é super frequente a noiva se casar grávida. E também é normal não ter vergonha do próprio corpo, ter orgulho da barriga, tirar fotos sensuais grávida etc. Beleza! Mas, dependendo do o estágio da gravidez é muito melhor assumir um modelo mais folgado, declaradamente pensado para esse estado, do que tentar adaptar ou alargar uma criação que não nasceu para isso.

Caimento é importante: lembre que para ser uma noiva com aparência fluida, o tecido tem que passear ao seu redor conforme você se movimenta – e não colar constrangedoramente em cada dobra aumentada de seu corpo.

Faça as contas direito – e analise como e quanto você tem ganhado em peso para calcular bem, na medida do possível, o quanto vai estar maior no dia. Dessa forma é possível pensar em um vestido que atenda a tudo isso e mais: além de radiante, deixar você confortável, que ninguém é de ferro! Finalmente, esqueça a ideia fixa da maioria das noivas de que tem que estar ultra sexy na igreja e na festa.

Noiva tem de ser bonita, etérea, brilhante, sensual e elegante. Mas super sexy – é para outro momento, tá? 




Roupa para Trabalhar – e brilhar!

Brinco Turquesa

Cultive a cor: aquela que realça seus olhos, tom de pele e brilho nos cabelos. E, para entender quais são, nada como experimentar muito e analisar – sempre com tecidos lisos perto do rosto. Sem essa de se esconder atrás de “pretinhos básicos” e “marinhos clássicos”.

Curingas que funcionam sempre :

Pantalona escura – usada com sapatos altos e baixos e camisas clássicas e mais esportivas.

Camisa clara (branca ou creme, dependendo do tom de sua pele) – quebra o maior galho e enfeita sem exagero.

Vestido envelope (em jérsei seda, seda ou microfibra) – é um clássico que deixa qualquer mulher feminina com a vantagem de ser ajustável ao corpo resistindo a oscilações de peso.

Pode ser usado com sapatos mais delicados de salto ou confortáveis escarpins – dependendo do momento.

Blazer, tailleur ou terninho escuro (dependendo do seu estilo e preferência). Prefira um em tecido médio para usar tanto com sandália no verão quanto com meias de fio médio para grosso inverno. E vai te permitir muita variação entre camisas, camisetas em tecido fino e casaquinhos ou echarpes para usar com a saia ou calça avulsa.

Acessórios que fazem diferença: brincos, broches, echarpes e lenços, cintos descolados… vale tudo e depende de como você trabalha. Se você digita demais é claro que não vai usar pulseiras em profusão.

Broches: originais e enfeitam – na lapela, fechando a gola ou para segurar lenços e pashminas são fáceis de por e tirar: se precisar, pode tirar aquele super esportivo usado de dia por um mais sofisticado adequando o visual para a noite.

Brincos vistosos – em materiais que iluminam o rosto são sempre bem vindos: desde as clássicas pérolas, passando por aqueles confeccionados em pasta de turquesa (mais leves) e até mesmo os de de marfim ecológico em sua versátil tonalidade creme.

Estar elegante no trabalho não significa estar na última moda nem vestida de forma sensual. Mas sim, confortável, adequada e, claro, muito preparada e feminina .




Uniforme para cerimonial com visual bonito e funcional: é possível!

Muito já se falou de uniformes para quem faz Cerimonial – inclusive causei uma enorme polêmica por ter  dito que o uniforme não pode ser confundido com a roupa de convidadas quando o evento é mais festivo, como casamentos e outros eventos sociais. Continuo a afirmar isso: quem já trabalhou em grandes eventos internacionais e públicos sabe que não há lugar para esse tipo de confusão quando você é responsável por todo o andamento de um evento que está na mídia para o mundo inteiro ver.

Mas voltando ao uniforme: como fazer (principalmente as mulheres) para usar uma roupa que seja confortável, elegante e clássica ?

(Sim, tem que ser clássica. Não se muda o uniforme a cada evento, ele deve ser como uma marca registrada daquela empresa ou grupo).

Não é fácil. Nesse post vão algumas sugestões, depois de uma pesquisa onde inclusive foram testados alguns modelos onde saíram ganhando esses que escolhemos com carinho.

Acima dois modelos para eventos mais sociais. Adoro o da esquerda porque é versátil, e permite que se coloque e tire o casaquinho  conforme o clima. A parte de cima do vestido e em tecido leve e lavável e o tom em creme, super elegante iluminando e valorizando pele e olhos de todas as cores. O tom de cor de rosa da direita é super feminino mas o corte reto e a combinação com o preto dá a ele uma sobriedade leve. Sem falar que as mangas são no ponto para não esquentar e deixar os ombros discretamente cobertos…

Acima dois modelos em preto e branco que não erro: o modelo sem manga para regiões mais quentes é estruturado o suficiente para dar um caimento chique e continuar fresquinho. E o da direita é a versão super clássica do rosa e preto…

Esses modelos estão super dentro das “tendências” de moda, mas permitem que sejam usados sapatos com saltos médios ou mais grossos (sim, a gente anda muito e ninguém aguenta salto fino e alto durante todo um evento de muitas horas)…

E, mais importante: não tem excessos de fendas, decotes, laços, franjas como alguns que muitas vezes vemos serem adotados em eventos sociais. Nesse ponto sou ultrapassada sim,  como uma colega indignada reclamou nas redes sociais. Prefiro ser ultrapassada a comprometer o trabalho (sem falar na postura e movimentação) da minha equipe ou o meu, administrando lacinhos e babados fora do lugar ou puxando sainhas curtas para baixo. Menos é mais. Sempre.

Serviço – modelos da PA Concept.

www.paconcept.com.br




Como trazer o sol para sua casa

O amarelo Primrose em português já teve vários nomes: amarelo gema, amarelo ouro, canarinho e até amarelo mostarda. Mas nenhum tão delicado quanto o Primrose… O tom é esse que vemos acima e tem a qualidade de trazer luz e alegria a qualquer ambiente – e olha que nem é preciso muito.

Na cozinha, uma faixa amarela ou uma  parede amarelas trazem calor e dão o toque de luminosidade tão necessário nesse cômodo da casa.

Na foto ao lado, acima veja como a manta do sofá amarela quebra a monotonia do bege- gelo…

Mas no verão nada de mantas: jogue almofadas amarelas e aproveite para trocar as capas fazendo novas combinações com vermelho, cinza, azul marinho….

Ok. você não quer gastar – e o momento nem está pra isso mesmo. Mas repare como apenas um ítem amarelo tem o poder de transformar o visual de qualquer cantinho: seja o jogo americano (amo  – esse é da Charme em papel), um bule simplesinho ou apenas algumas flores jogadas em uma xícara antiga servindo como vaso…

Experimente dourar sua casa e vai ver como de quebra, a alegria vai entrando em raios luminosos em sua vida.