BRUSCHETTA FÁCIL DE CEBOLA ROXA

Feriado prolongado chegando e isso pede uma receita fácil e rápida para degustar em casa mesmo, preguiçosamente instalados em nosso próprio conforto. Compartilho essa, uma das mais gostosas que experimentei em umas das  minhas viagem a Itália.

Pão é um dos alimentos mais completos e gratificantes – dá conforto e energia, além de ser barato e facilmente reciclável: no dia seguinte bastam alguns minutos no forninho para devolver a crocância e perfume – dignos dos melhores couverts de restaurantes, como o Alfredo de Roma.

Já a cebola roxa e o tomate – são ultra saborosos e naturalmente complementares, certo?

Não é à toa que em festas populares – como as de San Gennaro ou da Achiropita – o forte são todo tipo de salgados que nunca dispensam esses ingredientes!

E taí a receita – fácil e flash – de uma bruschetta deliciosa para saborear de aperitivo ou mesmo como entrada  – para abrir qualquer refeição informal.

RECEITA FÁCIL DE BRUSCHETTA DE CEBOLA

Fatie uma cebola – roxa ou não – e coloque sobre uma rodela de pão italiano previamente pincelada com uma pasta de tomate amassado, com um pouquinho de alho, sal e azeite.

Uma folha de manjericão e pronto! Você terá todos de joelhos, enquanto saboreiam sua receita.

 




Como servir cervejas para todos os gostos e curtir na Copa

Cardápio variado – até para quem diz que não gosta, existem alternativas. Olha só: existe a cerveja preta, a mais consistente, que todos conhecem, aí tem as tipo leichtbier light, mais leves mesmo. Para quem quer manter a forma há as cerveja dietética.

Aí temos variedades de sabor; as mais ácidas como a Berliner Weisse, as mais amargas como a Alt, que é também escura e as adocicadas como a lager que tem um aroma de malte.

Copos são importantes – ser for servir cervejas, qualquer que seja a qualidade, é bom ter os copos adequados: as famosas tulipas – altos e afunilados embaixo – ou mesmo as canecas.

Além da bebida bem gelada, ajuda muito se o copo estiver previamente resfriado (no freezer mesmo) para que não esquente a medida que o jogo avança.

E se alguém não curtir cerveja? Pode acontecer. Deixe um bar meio montado antes com uísque e um kit caipirinha: alguns limões, boa cachaça, açúcar e amassador. E cada um que faça a sua – pois hora de início de partida é sagrada inclusive para os donos da casa…

E, claro uma boa jarra de água gelada que ninguém é de ferro