Madrinhas de casamento: problema ou solução ?

Aí você percebe que uma de suas aliadas não está nem um pouco animada com o seu casamento e ainda está atrapalhando o andamento dele. E agora?

Bom, é uma situação bem complicada, ainda mais com seu nível de estresse lá no céu… Mas calma, falar “se não está feliz, não apareça” não é a melhor atitude certo? Então, por que não tentar avaliar o que está acontecendo? Converse com ela, se ela é sua madrinha, um mínimo de intimidade vocês tem para que essa conversa aconteça numa boa.

Diga a ela que está chateada com suas atitudes – para não dizer, decepcionada mesmo! E pergunte o porquê dela estar agindo assim. A menos que sua desculpa seja muito convincente e seu comportamento mude radicalmente, você pode “desconvidá-la” sem remorso. Assim ela começará a ser menos importante também na sua vida, que tal?

WINDSOR, ENGLAND – MAY 17:

Mas para que não chegue a esse ponto, vou dar alguma dicas para você escolher suas madrinhas da melhor forma…

  • Você realmente, realmente mesmo, quer que essa esteja ao pessoa ao seu lado no dia porque você a ama ou por que se sente obrigada a convidá-la por retribuição ao tempo de convívio?
  • Você pode ser sincera e superar pequenas brigas?
  • Você quer ter essa pessoa na sua memória para sempre?
  • Você acha que a sua amizade com ela corre risco de afundar?
  • As madrinhas se dão bem? Ok, elas não precisam ser melhores amigas, mas conviver bem é importante. Observe no chá-de-cozinha, chá-bar, e outros preparativos em que estiverem juntas para ver quem agrada e quem não…
  • Meu noivo aprova? (Sim, a opinião dele conta, certo?)
  • Ela vai te estressar mais ou vai te ajudar a resolver os problemas que aparecer?

Responda essas questões com calma e te garanto que vai ver bem mais tranquilo. Aqui também entra a confiança no seu instinto. E SIM, confie porque ele sempre ajuda muito!