Dia da Mulher… e de dar um ninja para descansar!

Silhueta de uma mulher adulta e curvilínea agachada no escuro com apenas uma fresta de luz delineando a lateral das nádegas, coxas, ombro o braços. A impressão é de leveza e mistério uma vez que não se enxerga o rosto e apenas partes do corpo bem feito desenhado pela luz.

E tem mais: sabia que graças as mulheres de suas comunidades mais pobres, os países da América do Sul viram sua taxa de pobreza extrema encolher em exatamente 70% nos últimos 30 anos? Pois é. E para piorar, a taxa de feminicídio vem aumentando em proporções geométricas…

Mas insistem em comemorar o dia da Mulher – e apenas um dia por ano! Pois hoje, em vez de se rebelar e tentar mudar o mundo em um dia, seja esperta e aja: use seu dia para pequenos e possíveis prazeres!

Você elege o que quer fazer: se não estiver a fim de assistir ao workshop organizado pela sua empresa até pode… Programe-se para simplesmente não ir. E, no dia seguinte pense no que vai dizer.

E faça, literalmente o que der na telha: tome um café da manhã de uma hora, com ou sem espumante para brindar (mesmo que sozinha, porque você merece!).

 Tome um banho de rainha – e faça o seu ritual matinal sem pressa. Se for do tipo que malha saia para sua dose diária de exercício. Se preferir sossego, volte para sua poltrona favorita e pense ema tudo o que gostaria de fazer: porque hoje tem que poder!

um par de pernas perfeitas aparece debaixo de uma saia branca de uma mulher também branca que está sentada deixando a mostra as coxas esguias e todo o resto das pernas douradas pelo sol. Ela está com a mão pousada delicadamente na panturrilha.

Sem dieta. Ninguém merece. Coma um bolo ou pudim ainda quente – se tiver vontade. E sem culpa! Compre flores para sua casa (sem essa de esperar ganhar, se ganhar melhor ainda).

Vestida para você mesma – coloque uma roupa confortável mas em ordem e passe ser perfume preferido – afinal de contas, você vai sair (ou ficar sem casa em sua própria companhia ou, talvez, bem acompanhada e, em qualquer dessas circunstâncias a sensação tem que ser boa certo?

Ok, você deve estar achando esse papo todo muito previsível. Mas o que pode ser mais previsível do que esse dia comemorado há anos, onde todos fazem odes as mulheres e depois tudo continua tudo igual?

Dessa vez, comemore de forma diferente: no seu tempo e do seu jeito – e depois, continue agindo como sempre fez: carregando vários pianos, assobiando, chupando cana, criando os filhos, cantando e encantando com a sua capacidade de firmeza e ternura dentro de casa e as múltiplas competências no trabalho!

Mulher usando um top preto, está sentada no chão da cozinha junto a porta aberta da geladeira e ela saboreia um creme que está num pote e na prateleira tem um pote de frutas. Ela tem a sensação de saciar seus desejos de doces.