Motherholic Top-Top

Confissões de uma mãe exausta

a imagem mostra um adulto envolvendo com as pernas o corpinho de uma criança de aproximadamente 4 anos de idade em uma cama aconchegante. A foto está cortada de modo a se perceber as pernas encaixadas - as da criança entre a da mãe. O curioso é que as duas estão girando o mesmo pé da mesma forma.
image_pdfimage_print

a imagem mostra um adulto envolvendo com as pernas o corpinho de uma criança de aproximadamente 4 anos de idade em uma cama aconchegante. A foto está cortada de modo a se perceber as pernas encaixadas - as da criança entre a da mãe. O curioso é que as duas estão girando o mesmo pé da mesma forma.

  • Muitas vezes não dou banho nas crianças depois das festinhas. Passo um lencinho umedecido nos pés e no rosto e cama.
  • Finjo que não vi alguma arte que meus filhos aprontaram só para não ter que dar bronca.
  • Tenho preguiça de bolar um lanche saudável e dou dinheiro para que eles comprem um suco e um pão de queijo na cantina.
  • E finjo não saber que eles gastaram tudo em balas.
  • Dou a resposta da lição de casa para terminar logo. Às vezes até ajudo a pintar.
  • Falo que pode porque estou muito cansada para explicar porque não pode.
  • Quando eles querem brincar eu convido para ver um filminho e assim posso me enroscar com os dois e ainda tirar um cochilo.
  • Espero eles dormirem para comer tudo que não deixo eles comerem.
  • Quando conto histórias, pulo as páginas dos livros para acabar mais rápido. Eles sempre percebem e me fazem voltar.
  • Faço de conta que estou dormindo quando eles vem no meio da noite para minha cama.

As vezes acontece – estamos cansadas demais para ser aquela mãe de comercial de margarina –  mas tudo bem porque na vida real o que importa mesmo é fazermos o melhor possível, não? E filho deixa a gente feliz e pronto. Principalmente depois de uma boa noite de sono.

 

 

 

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

6 Comentários

  • Responder
    Victoria
    25/11/2014 as 09:58

    Amei Isa!!!!!
    Eu confesso tb q faço várias dessas coisas!!!!
    O importante é que a gente se importa!!! E ama muito!!!
    Bjus

    • Isabella Giuzio
      Responder
      Isabella Giuzio
      26/11/2014 as 09:38

      Quem nunca, né, Tóia?? Mas “vamo que vamo” porque amor não falta!!! beijo grande

      • Responder
        marcela
        27/10/2015 as 08:50

        Tudo bem…eu me entrego!!! Kkkkkk
        É bem assim
        Beijos

        • Isabella Giuzio
          Responder
          Isabella Giuzio
          28/10/2015 as 20:55

          Tamo Junto!!!! Adorei seu comentário aqui! bjs querida

  • Responder
    Gabriela
    28/11/2015 as 14:01

    Quase não acredito que não fui eu quem escreveu! Rsrsrs

  • Responder
    TOP 7 novas atitudes de mães para incutir velhos ensinamentos | Claudia Matarazzo
    24/05/2016 as 00:18

    […] e sou uma mãe maluca: tinha atitudes extremas que, algumas vezes adiantaram, outras, falham até hoje. Mas pelo menos me […]

  • Deixe um comentário