Etiqueta sem Frescura Pitaco

Para quebrar o protocolo

Presidente Barack Obama ao lado do Presidente Sarkozi da França e do Primeiro Ministro Berlusconi da Itália e todos olham para uma cerimonialista retirando os papeis de marcação deles no palco
image_pdfimage_print

 

Presidente Barack Obama ao lado do Presidente Sarkozi da França e do Primeiro Ministro Berlusconi da Itália e todos olham para uma cerimonialista retirando os papeis de marcação deles no palco

O Brasil entrou na rota dos mega eventos: Copa do Mundo, Olimpíadas e mega shows pra ninguém botar defeito. Para segurar e continuar a receber tanto evento é preciso entender de uma vez por todas que planejamento, organização e conhecimento das regras de Cerimonial Internacional são essenciais.

Cerimonial – Pra que isso?

“Somos espontâneos e sempre damos um jeitinho “ você deve estar pensando , como aliás eu pensava, antes de mergulhar por 7 anos nesse mundo, à frente do Cerimonial do Governo do Estado de São Paulo.

Aprendi rapidinho que simpatia não basta mesmo! Tem que saber fazer. E fazer melhor, mais rápido, mais barato e mais bonito.

Foi dureza! Percebi que quanto antes aprendesse e incorporasse as regas mais rápido poderia argumentar com as delegações que chegavam acompanhando Chefes de Estado e muitas vezes queriam dar um nó na gente achando que brasileiro é bobinho…

Regras facilitam a vida – e não complicam ao contrário do que se imagina. Se um desfile de carnaval e uma partida de futebol tem regras claras, que não podem ser alteradas, não há porque estranhar eventos públicos ou de grande porte não tenham uma diretriz rigorosa para serem levados a cabo.

O roteiro – de um evento deve ser respeitado. Assim como o planejamento – sem o qual qualquer cerimônia se transforma em confusão ou um encontro desorganizado.

Cerimonialista – profissão em alta – o bom cerimonialista aprende os conceitos o respeito pelas regras. No caso da foto acima, a profissional jamais poderia aparecer na hora da foto dessa forma..
Justamente por conhecer os limites  é preciso tomar mais cuidado ainda e saber como e quando quebrar o protocolo.

E sabe que o que faz um evento são as pessoas. Daí ser fundamental colocar-se no lugar delas, adivinhando-lhes desejos e preferências.

Vamos falar disso nessa seção – e mostrar como os Chefes de Estado, membros da Realeza e celebridades em geral lidam com o Cerimonial. Quando e como quebram o protocolo (ou a cara dependendo da ocasião) e como tais atitudes podem repercutir na mídia e em suas vidas.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Sem comentários

Deixe um comentário