Etiqueta sem Frescura Mesa

Como fazer e servir batatas para curtir na copa

image_pdfimage_print

 

 

Talvez seja minha natural gulodice, mas a verdade é que, para mim, copa não é copa sem tudo isso pra compartilhar.  Talvez diga isso porque amo batatas de qualquer jeito… Mas a verdade é que, nesses tempos bicudos elas ganham como sendo um alimento consistente, mais acessível e muito, mas muito versátil mesmo – além de importante para nosso organismo.

Batatas pra todos os gostos – alimento tão básico quanto antigo s prosaicas, mas deliciosas batatas que surgiram nos Andes há cerca de mais de 7 mil anos e hoje, estima-se que existam mais de 600 tipos!!

Além de ser o contraponto ideal para uma série de pratos, tem textura, podem ser fritas, raladas, moídas, transformadas e servidas sozinhas ou com molhos variados. E o mais importante; é rica em vitamina B1, C e potássio além de ter baixo teor de gorduras. Quer mais? É barata e dura uma porção de tempo em sua despensa…. Olha só quantas!

Os tipos variam; a Atlantic e a Panda são ideais para fritura. A Mondial e Monaliza são boas para se cozinhar e as Asterix, Bintje e Barraca são as que rendem as melhores massas além de cozinhar e fritar super bem.

Se está pensando em servir carnes desfiadas, salsichões, ou mesmo um peixe antes ou depois dos jogos da copa, não deixe de usar esse acompanhamento tão fácil quanto saboroso – além de super popular é claro. A tal ponto, que, com a bebida e os molhos certos, pode ser servido como petisco crocante antes, durante e depois do jogo.

Pode pedir para trazer – ok, os tempos estão difíceis e não dá pra preparar esse tipo de banquete pra toda galera. Peça para cada um trazer determinadas bebidas (e aí cada um tem uma preferencia) e lembre para pedir para trazer gelada!

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Sem comentários

Deixe um comentário