10 ítens dispensáveis para economizar no seu casamento

Também sabemos que os apaixonados tem pressa e que as noivas e suas famílias fazem verdadeiras loucuras em nome do “ é só dessa vez” ou ainda do “eu mereço” e depois deixam assessores de casamento malucos querendo “ enxugar” o orçamento de uma festa que já está apalavrada, assinada e reservada e – pior – com uma enorme expectativa de “ impactar …

A Indústria do casamento se reinventou e hoje é das mais lucrativas mas, justamente por isso pode-se escolher,  questionar e dispensar uma série de seus produtos que foram lançados ora para resolver, ora para impressionar, mas, na maior parte das vezes apenas para inovar e faturar em cima do sonho e do impulso desses noivos/famílias mesmo!

Só para facilitar fiz uma lista de alguns itens que podem até ter valor mas que também podem perfeitamente ser dispensados de qualquer festa – inclusive as mais elegantes – sem o menor prejuízo com uma enorme economia para seu bolso.

  1. Drones e robôs – quem precisa disso? Drones fazem fotos e vídeos aéreos. Beleza, mas, para que mesmo precisamos de imagens com toda essa pirotecnia? O que vale mesmo em um casamento são as pessoas. E, estas vistas de cima, não tem a menor graça.
  2. Flores aéreas – se naturais além de ostensivo é antiecológico e, mesmo as artificiais mais poluem visualmente e encarecem do que enfeitam. Novamente: quem precisa olhar tanto para cima e ser impactado quando a emoção deve estar permeando as pessoas “em terra?”
  3. Projeção mapeada – de verdade? Acho brega. Melhor um bonito jogo de sombras feito por um bom iluminador/decorador.
  4. Passarela de espelho – mega brega. Além de 9 entre 10 noivas que usaram terem tido que parar com o véu ou vestido enroscado em cantos da dita cuja… Sem falar que igreja bonita não precisa de nada disso.
  5. Mesa de Doces Vip – aquela que precisa contratar uma babá para cuidar da mesa até que a noiva “tire fotos” com a mesa de doces. Gente! Menos! Tire foto da mesa sozinha e coloque-a já na saída, junto com cafezinho para que as pessoas só vejam nesse momento. Economiza nos doces e na babá… E se quiser, use uma linda mesa de sobremesas (mais em conta e muito decorativa) no meio do salão. Assim, todo mundo come de verdade e mata a vontade de tanto doce…
  6. Presente de padrinhos – piração e modismo dos mais sem sentido: pura invenção e caríssima. Esqueça.
  7. 2 Bandas sertanejas – uma banda ao vivo banda é caro duas é ostentação. Não é preciso duas para animar uma festa…
  8. Números Circenses – homens iluminados e outras graças em festa de casamento só se justificam quando os noivos carecem completamente de carisma e/ou personalidade… Eu hein?
  9. Fogos de Artificio – nem na praia, nem no campo nem ao ar livre. Encarece e tira a atenção do que realmente importa: vocês….
  10. Lenços e água no altar – com rótulo personalizados. Esqueça. A garrafa e os lenços – assim como seu dinheiro vão direto para o lixo. Lembre disso.



Madrinhas de casamento: problema ou solução ?

Aí você percebe que uma de suas aliadas não está nem um pouco animada com o seu casamento e ainda está atrapalhando o andamento dele. E agora?

Bom, é uma situação bem complicada, ainda mais com seu nível de estresse lá no céu… Mas calma, falar “se não está feliz, não apareça” não é a melhor atitude certo? Então, por que não tentar avaliar o que está acontecendo? Converse com ela, se ela é sua madrinha, um mínimo de intimidade vocês tem para que essa conversa aconteça numa boa.

Diga a ela que está chateada com suas atitudes – para não dizer, decepcionada mesmo! E pergunte o porquê dela estar agindo assim. A menos que sua desculpa seja muito convincente e seu comportamento mude radicalmente, você pode “desconvidá-la” sem remorso. Assim ela começará a ser menos importante também na sua vida, que tal?

WINDSOR, ENGLAND – MAY 17:

Mas para que não chegue a esse ponto, vou dar alguma dicas para você escolher suas madrinhas da melhor forma…

  • Você realmente, realmente mesmo, quer que essa esteja ao pessoa ao seu lado no dia porque você a ama ou por que se sente obrigada a convidá-la por retribuição ao tempo de convívio?
  • Você pode ser sincera e superar pequenas brigas?
  • Você quer ter essa pessoa na sua memória para sempre?
  • Você acha que a sua amizade com ela corre risco de afundar?
  • As madrinhas se dão bem? Ok, elas não precisam ser melhores amigas, mas conviver bem é importante. Observe no chá-de-cozinha, chá-bar, e outros preparativos em que estiverem juntas para ver quem agrada e quem não…
  • Meu noivo aprova? (Sim, a opinião dele conta, certo?)
  • Ela vai te estressar mais ou vai te ajudar a resolver os problemas que aparecer?

Responda essas questões com calma e te garanto que vai ver bem mais tranquilo. Aqui também entra a confiança no seu instinto. E SIM, confie porque ele sempre ajuda muito!

 

 




Vestido de Noiva – ou de Nude?

Foi-se o tempo em que as  opções de vestidos de noiva iam dos  tradicionais , passando por moderninhos curtos até chegar nos de princesa, gótica. Hoje nada menos que uma fatia de 30% dos vestidos são do tipo que deixam muuuuita pele aparecendo. Mas muita mesmo!

Esse tipo de modelo  não é para todas, mas se você for super ousada e quiser  causar no dia do seu casamento – além de ficar quase nua, veja se algum  desses serve de inspiração …

Meio Nua –  vestido de Zuhair Murad, abaixo é o mais “conservador” desta linha, acredite. Repare como apesar de todo transparente, ele parece forrado com tule cor da pele e não revela pele…

The Guardian

Nua, verdadeiramente – abaixo, A Grace Loves Lace, concebeu  o traje de noiva mais “colado” no corpo do mundo. O chamado “vestido nu” cobre completamente o usuário de renda, dando a ilusão de nudez (transparência). Esse macacão Pronovias cobre apenas 6% do corpo, com rendas chantilly e 200 cristais. Claramente não é adequado para um casamento em templos. Pensando bem, bem pouco adequado a tudo pois me parece tremendamente incômodo…

The Guardian

Secretamente Pelada – abaixo um modelo  “smart casual” (um meio termo entre o formal e o informal). Olhando rapidamente, este vestido Houghton, está ok, se não fosse o fato de estarmos vendo perfeitamente seus seios e mamilos.

The Guardian

Comédia Nua – A confecção de tule e seda de Lady Mary Charteris, com um corpete de cetim e um vestido de painel de Pam Hogg, pode até ser mais parecida com os modelos tradicionais não fosse o gosto duvidoso dos desenhos geométricos …

Foto: David / Silverhub / Rex / Shutterstock

Meio Nua – O selo francês On Aura Tout Va foi um ousado neste modelo para noivas “não tradicionais”, com uma saia quase completamente transparente. Ainda que fosse bonito, o modelo  parece ser de um desconforto atroz – sem falar que não inspira ninguém a chegar perto…

Foto: Kristy Sparow / Getty Images

Independente de serem francamente feios, são inadequados – simples assim. O que terá acontecido com os modelos fluidos, cheios de movimento, sobreposicao de macias saias complementados por véus translúcidos? Será que esses estilistas em algum momento se colocam no lugar dessas noivas que passarão de 5 a 12 horas metidas neles? Claramente não. E nem elas percebem no momento da escolha  a tortura que será se cairem nessas armadilhas –  quando certamente será tarde demais…




Tradições e superstições de casamento italiano

 

Girlanda de noiva com flores aparentemente de seda em tons de rosa claro e pêssego, com um véu de noiva está pendurada em um poste contra um muro de pedra.

O Jantar de Ensaio – não seria Itália se não tivesse boa massa! Mas antes de comerem, o padrinho faz brinde com prosecco dizendo “Per centanni” (Cem anos) para desejar ao casal um século de sorte. A noiva usa um broche de esmeralda ou uma fitinha dessa cor amarrada no vestido do ensaio.

Antes da Cerimônia- assim como no Brasil, o noivo não pode ver a noiva. E para a ela o costume é mais radical, não pode se olhar no espelho. Já pensou nisso?  

Buquê  – acredite: quem escolhe é o noivo!! Acho esse costume especialmente lindo. É entregue na manhã do casamento pela sogra. Simbolizando que ela  aprova a união. É também o último presente que o “namorado entrega para a namorada”.

A cerimonia  – é costume até hoje ver uma fita amarrada na porta da igreja para que saibam que tem um casamento acontecendo. Noivos mais supersticiosos levam um pequeno pedaço de ferro no bolso para afastar maus espíritos e as noivas rasgam o véu. Pelo sim ou pelo não…

A saída  – já a porta da igreja os noivos recebem uma verdadeira chuva de arrozSão os votos de fertilidade, riqueza e alegria. Os noivos saem aos gritos de “Auguri!” (felicidades!) e palmas dos morados próximos! Em vez de enrolar latas nos para choque traseiro – como nós  fazemos – na Itália, a grade frontal é decorada com flores para abrir o caminho para a “vida doce”. E sim, o carro vai a frente do  cortejo, abrindo caminho com buzinadas.

A comida e bebida- pratos frescos, aperitivos salgados (azeitonas, presunto e salame) e entradas saudáveis (massas com molhos espessos, carne de vitela e veado) “Chiacchere” lascas de massa frita coberta com açúcar em pó de sobremesa.E claro,muitas garrafas com variadas uvas de vinho italiano.

O Orçamento – os convidados ajudam a pagar! As noivas italianas carregam uma sacola de cetim na recepção para os convidados colocarem envelopes de dinheiro –  (la busta) – algumas noivas mais ousadas, a usam no pescoço para que os homens tragam dinheiro em troca de uma dança.

A dança– a “Tarantella” é a maneira mais frenética dos convidados desejarem boa sorte aos recém-casados. De mãos, correm no sentido horário até que a música acelera e então invertem as direções.

O bolo – na Italia, bolo não é tradição. Os convidados recebem amêndoas revestidas de doces simbolizando o amargo e doce. Mas se mesmo assim, você quer um bolo, escolha o mille-foglie– um bolo italiano feito de camadas de massa levíssima, alternando cremes de chocolate e baunilha, e morangos.




Padrinhos/Madrinhas: o melhor presente é deles? Ou são eles?

Há algum tempo atrás, um padrinho de casamento foi seriamente repreendido por não gastar o “suficiente” no grande dia… Oi, como assim ???

 

 

 

 

 

 

 

Existe aquela tradição que padrinhos são os que dão os melhores presentes (ou dinheiro), mas  muita calma! Não há nenhuma necessidade disso, muito menos agora em tempos de crise. Você os escolheu por afinidade/amizade ou pelo que eles podem te oferecer? O máximo que vocês podem exigir é a presença deles no dia do casamento. Dar presente de casamente é mais uma questão de etiqueta.

Você quer dar um presente caro – ótimo – mas só se tiver condições e não se endividar por conta disso só para fazer bonito.

Outra opção se você quiser dar um presente “importante” é dividir o presente com o seu par ou outros casais de padrinhos.

Os alternativos – alguns optam em dar presentes originais e com a cara dos noivos – presentes nada a ver com o que constam na lista. Cuidado com isso, se existe uma lista, evitem comprar itens de fora, pois ela serve exatamente para que os noivos peçam o que precisam. Salvo, claro, se for algo muito especial e tenham muita certeza de que vão apreciar…

E caso os noivos não tenham uma lista, converse com eles e descubra o que eles precisam, ou leve eles até uma loja que eles gostem para que eles mesmos escolham o presente.

Vaquinha – os padrinhos podem também se juntar e ajudar pagando a lua de mel e as madrinhas ficam com as despesas do chá de lingerie ou outras coisas que os noivos precisarem.

Ser padrinho/madrinha de casamento significa apoiar e ajudar os noivos acima de tudo, antes, durante e depois da festa. A amizade com certeza irá se fortalecer mais e mais. Além, das boas lembranças!