27 novembro, 2015

Noivas que congelam borboletas

por:

Tenho ouvido histórias incríveis e, dia desses fiquei literalmente arrepiada de puro horror com a falta de noção de algumas noivas – sem falar nos padres, que permitem esss excessos.

uma mão segura um cartão de papel branco onde está pousada uma borboleta nas cores laranja, tons cremes e preto.

Era uma noite linda em São Luis, no Maranhão onde, numa das casas mais bacanas da cidade , reuniram-se cerca de 200 profissionais de casamentos com algo como 30 noivas. A idéia era trocar experiências e falar das noividades do mercado.(Assim mesmo: noividades, pois são tantas as novas idéias de produtos e serviços que a gente precisa se atualizar o tempo todo).

Aí uma cerimonialista perguntou o que eu achava da moda de soltar borboletas no Igreja ao final do casamento. Ora, já ouvi falar dessa coisa bem brega (e ecológicamente criminosa) mas achava que fora um caso isolado de uma noiva muito sem noção. Engano meu: a moda continua – e com requintes de crueldade!

Embatuquei na pergunta: disse que achava de péssimo gosto e pedi detalhes do procedimento. E ouvi de várias – não apenas uma, mas vááárias profissionais os seguintes relatos:

Como é que ninguém vê nada? – as borboletas chegam de Salvador ( alô Ibama da Bahia!!) em caixas furadas para ventilar mas pequenas para que não se mexam muito. E, no aperto, se estressam e muitas morrem.

Wedding-Butterflies-Bride_claudiamatarazzo

Ainda: como não é uma coisa baratinha, as noivas exigem que sejam contadas e, para isso, é preciso abrir as caixas. E para que não voem, elas são colocadas por um certo tempo na geladeira, assim” desmaiam” e podem ser contadas…

Tá achando horrível?? Pois piora: na hora de soltá-las, como estão entre desmaiadas e mortas, é preciso acordá-las em instantes – para não perder o timing da música da saída da noiva. Assim, as cerimonialistas são obrigadas a bater nas caixas e elas assustam e, aí quando abrem a tampa, voam.

Borboleta na Cabeça! – entre o susto e a agonia da prisão,elas saem desbaratadas às cegas – e acabam por cair, esbarrar ou mesmo pousar em penteados e carecas dos convidados – constrangidos a assistir a esse espetáculo patético e deprimente.

Hello Noivas! Alguém acha que esse tipo de tortura condiz com a solenidade do momento? Será possível que ninguém – entre a cerimonialista, decorador, padre e família dos noivos – consiga incutir um mínimo de compaixão ( já que o mau gosto impera) nesses coraçõezinhos apaixonados das noivas que não hesitam em destruir em segundos uma das mais delicadas belezas da natureza ?

Vamos combinar: noiva que precisa de borboleta desmaiada, congelada e morta em seu casamento pra se sentir feliz, só pode ser parente de vampira, com direito a criar garras à noite e sangrar pelos olhos vermelhos e caninos afiados! Te cuida noivo!

Vidro de conservas transparente com algumas borboletas sai voando.

 

 

 

image_pdf

• Assuntos relacionados a esta matéria •

• Comente este assunto no Facebook •

• Comente no Blog sobre este assunto •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

82 Comentário:Noivas que congelam borboletas

  1. Julia

    Infelizmente presenciei este horror em um casamento. É patético! Fiquei em choque ao ver os noivos se beijando e a cerimonial tentando tirar as borboletas da caixa ao mesmo tempo, para não “perder o momento”. As borboletas estavam mortas já, então elas sacudiam muito as caixinhas. As crianças desesperadas para salva-las e as pessoas pisando. Show de mal gosto, ridiculo!

    • Mario

      Cara Julia
      Agradecemos o seu depoimento, pois as vezes pensam que isso não existe realmente. É patético o ato. A nossa mensagem é que diante de tantas noividades que chamamos as novidades das noivas, existam atitudes mais positivas. Continue sempre nos prestigiando. Abs.

  2. Renato Vilar

    Perfeito. Parabéns Claudia por mais um texto, simples, direto, verdadeiro e muito bem escrito

  3. deise

    só uma colocação, como voc~e está escrevendo sobre casamentos, acredito que deve saber que o padre não sabe se a noiva vai ou não soltar borboletinhas durante a cerimônia…o que a dama vai levar não é lhe dito. ele esta muito preocupado e prepardo para a celebração do ato do sacramento do matrimônio, isto está em suas mãos, não borboletas, arroz, pétalas ou qualquer outra coisa que a noiva resolverá jogar… só isso, o restante esta bem condizente

    • Mario

      Cara Deise,
      Concordo com você. Existem algumas Paróquias que já possuem regras para o Ato Matrimonial, outras nem tanto. O sacerdote tem o seu ritual e nem sempre tem o pleno conhecimento , ou as vezes, o Administrador da Igreja, não tem essa preocupação com os detalhes da cerimônia. Então as noivas ou os cerimonialistas inventam e gera toda esse absurdo.
      Algumas Paróquias de Minas Gerais, Mato Grosso , Recife, estão adotando medidas mais restritivas quanto a cerimônia religiosa. Não permitindo uma série de coisas como: atraso, flores, musicas, apenas sacras ou religiosas e drones, etc…
      Agradeço o seu comentário, continue sendo nossa leitora. abs.

  4. Carolyne

    Meu Deus, to horrorizada! Quando li o título, achei que fosse algo de decoração, e não no sentido literal mesmo. Noivas patéticas e sem noção.

    • Mario

      Cara Carolyne
      Estamos horrorizados também. Quando ouvimos isso das cerimonialistas que estavam participando do workshop, questionamos prontamente. Uma delas frisou “Isso é cultural, tradição dessa região” – Eu, Mario e Claudia, começamos a questionar cada etapa do processo e ficamos mais chocados ainda, com a história do congelamento – algumas falavam “É apenas uma dormência, não fará mal algum”. Ai, já virou um absurdo.
      Agradeço o seu comentário, continue nos prestigiando. Abs.

  5. edivania

    Nossa que horror. Eu confesso que como eu amo borboletas eu queria fazer algo com borboleta, na entrega dos convites pessoalmente ,a intencao era soltar elas ao ar livre mas nao assim credo congelar elas e assustar e muita covardia. Nao sabia que eles faziam assim. Eu achava que era natural que eles nao afetassem elas.Jamais deixaria alguem fazer . Eu estou chocada demais. Meu amor por elas e muito maior . Prefiro deixar elas quietas do que deixar alguem fazer esse absurdo com as bixinhas. Tadinhas morrem :'(

  6. Gabriela

    Ainda bem que existe você, Cláudia, pra tentar colocar um pouco de bom senso na cabeça dessas moças. Me casei a 11 anos, eu mesma fiz meu bouquet de rosas vermelhas e hoje tenho o que há de mais precioso em um casamento: uma família linda. Não sei o que esses maridos deverão fazer pra ter mulheres felizes se precisam de tanto… Até o sacrifício dos pobres bichinhos. Um beijo Cláudia. Você não sabe, mas é muito especial pra mim!

  7. Susana Freitas de Paiva

    Lamentável essa conduta das noivas campinas.Estão começando mal o casamento com crueldade e crime.

  8. Valeria Maradei

    Realmente essas noivas são completamente sem noção, fiquei enjoada ao ler a matéria,pelo amor de Deus !!!

  9. elaine

    Exu não tem absolutamente nada com essas imbecilidades. As noivas desrespeitam a natureza e o artigo desrespeita a religião. Todos ridículos.

    • Mario

      Cara Elaine.
      Acredito que tenha compreendido de outra forma. Claudia quando menciona a entidade “Exu”, na frase que você se refere, ela queria que pela força da entidade e guardião, protetor “Exu”, retirasse da cabeça desses casais de noivos essa ideia patética. Que a entidade usasse seu poder para tirar da cabeça desses cerimonialistas ou noivos essa ideia de soltar borboletas. Mas a interpretação que foi feita foi outra. Jamais, em momento algum iríamos desrespeitar qualquer entidade, ou referência religiosa, ainda mais no mundo que estamos vivendo. Espero que tenha esclarecido. Caso tenha outra opinião, respeitamos, mas cabe a nós fazer essa explicação. Contamos com sua compreensão. Abs.

  10. Marcos

    Xo exú? Que beleza de comentário hein!!! Ter compaixão por borboletas pode. Respeitar religião alheia não? Que beleza!

    • Claudia Matarazzo

      Marcos, já me retratei – sinceramente – e espero que aceite minhas desculpas. Expressão bem infeliz. Já retirei do texto.
      Um beijo

      • ana

        Infeliz é essa gente preocupada com o uso de uma popular FORÇA DE EXPRESSÃO (que todo mundo usa!!!!) ao invés de se indignar com o que realmente importa, que é essa estupidez humana levada ao extremo. Parabéns pelo texto, Cláudia….estava perfeito!!!Chega de se desculpar porque vc não fez ou disse nada de ofensivo à ninguém.Há expressões que passam a fazer parte do idioma, e chamar coisa ruim de Exú é uma delas, independentemente da entidade ser boa ou ruim. bjs

  11. Ed Maysa

    Não concordo com o “Xô, Exu!”. Faltou respeito a uma entidade religiosa, se vc não é umbandista, respeite os que são, e seus orixás. Acho que cabe uma desculpa, vc não acha?

    • Claudia Matarazzo

      Ec Maysa – pedido feito! E realmente não conheço a umbanda – vou até retirar do texto pois concordo que não cabe. Foi uma força de expressão infeliz.
      Mas, já que estamos falando nisso poderia me esclarecer mais sobre essa entidade que, infelizmente muitos associam a coisas não tão agradáveis?
      Um beijo

      Claudia

      • luna

        Também não concordo em achar que os padres concordam.Eles não sabem o que essas”cerimonialistas” inventam de breguice.Já que está implantado esse horror deve ter uma proibição geral do órgão competente!

        • Mario

          Cara Luna Ribeiro
          Agradeço o envio de sua opinião. Algumas paróquias da igreja católica e outras religiões estão adotando regras mais específicas, mais restritivas as ações dos cerimonialistas e noivos, porém se tornam menos procurados. Então os noivos optam por uma igreja ou templo que aceitem essas aberrações, ou pelo menos, não obrigam a apresentação de um roteiro prévio para análise e aprovação. As vezes os sacerdotes não sabem – são surpreendidos na hora do casamento.
          Grato, abs.

      • Maria do carmo

        Péssimo essa conduta bem como a senhora constar em sua matéria que fica indignada com oiã padres que apoiam isso. SÉRIO MESMO, Que a senhora acha que os padres cuidam ou mesmo sabem tudo sobre o cerimoni al de um casamento? Não é a função de um sacerdote. Vai estudar primeiro antes de falar besteira e denegrir imagem de um vocacionado. Leia, pelo menos pra poder escrever sobre o SACRAMENTO DO MATRIMONIO! É a parte Espiritual que lhe interessa coisa que ninguém ou talvez alguns estão interessados. A senhora já pensou que ele tenha ficado indignado tanto quanto nós com tal atitude que lhe foi revelada no momento da cerimônia! Retome algumas coisas, senhora, pra não escrever mais besteiras Maria do Carmo hakim

        • Claudia Matarazzo

          Maria do Carmo, quem me falou que o padre de determinada paróquia concordou com isso – quando antes estava contra – foi a própria cerimonialista que achou que teria apoio do padre e depois ele acabou concordando. Concordo com você que os padres estão mais preocupados com o sacramento mas, no caso desse casamento, as cerimonialista não teriam porque mentir… Um beijo

    • Mario

      Cara Ed Maysa
      A Claudia já fez a sua retratação aos umbandistas e fará outras. Eu, Mario, sócio do blog e que faço as palestras pelo Brasil, gostaria de explicar que a menção da frase – foi no sentido da força da entidade “Exú” que todos conhecemos, retirasse a cabeça dos noivos essas idéias. Pedindo assim que agisse para tirar do caminho essa atitude tão cruel. Mas foi mal compreendida, como ofensiva ou jocosa. Ela queria engrandecer a força da entidade. Nem sempre as palavras são compreendidas na intenção que são ditas, ou escritas.
      Agradeço o seu comentário, abs.

      • Cristina

        Mario, não, ela não quis engrandecer a entidade. Não, ela não quis expressar a força da entidade. Basta você olhar a resposta que ela deu a Ed Maysa, reconhecendo que sequer conhece a entidade e queria mais informações. Pior do que o comentário infeliz, foi sua desculpa infeliz.

        • Mario

          Cara Cristina
          Lamento o seu entendimento. Posso ter tido essa sua avaliação, mas estou feliz por você poder expressar o seu sentimento e eu poder entendê-los.

  12. irene zanetti

    sem nenhuma fonte cultural esta noivas. estão fora da realidade da vida e são totalmente ignorante. a melhor forma de conscientiza-las é seria fazer o mesmo com elas.

  13. Jádna

    E como você disse na palestra: brega por brega, soltem bolhas de sabão

    • Mario

      Cara Jadna.
      Realmente em nossas palestras , comentamos os absurdos. Bolhas de sabão são menos agressivas. Casamento está virando um evento com cenografia e não é – trata-se de um ato religioso (de qualquer segmento). Grato. Abs.

  14. Anna Paula

    Tirando que exú num tem nada com isso… Concordo com a matéria. Que ideia babaca

    • Mario

      Cara Anna Paula.
      Existem momentos em que usamos expressões que não correspondem a verdade. Claudia usou essa expressão como forma de a entidade “Exú” retirasse da cabeça das pessoas essas atitudes. Ou seja, “Exú, tira isso do caminho”, e foi mal compreendida. Ela considerou a força e a dignidade da entidade, mas a expressão não foi clara. Espero que entenda. Abs.

  15. Anjo de Luz

    Eu acorda, como VC deseja felicidade se destruí uma q por mais bela da natureza, com morte começa com morte termina, vcs precisam de vida para receber a luz divina em sua união, morte pois receberá somente a escuridão, reflita sobre a questão.

    • Mario

      Caro Anjo da Luz

      Concordo plenamente, que o templo é a cada de Deus (qualquer que seja o caminho). O matrimônio se está sendo realizado na Casa de Deus, deve respeitá-lo em toda a sua grandeza. Essas atitudes nos mostra as loucuras que as pessoas estão sendo envolvidas por um mercado de casamento, que deseja impor regras para ganhar mais no orçamento e aceitam essas loucuras dos noivos ou do cerimonialistas inventivos. Grato. Abs.

      • Patricia

        Vejo que existe um problema de preconceito sério aqui: como podem colocar o padre conivente com essa cultura de morte! É raro um cerimonialista ou noiva que pede permissão para os absurdos que inventam e muitos até mentem quando pedem.

  16. Patricia

    Claudia,
    Também fiquei chocada com essa crueldade com as borboletas e o mais absurdo é o Ibama , Meio Ambiente autorizarem uma barbárie dessas!!
    As pessoas enlouqueceram de vez!

  17. mariana

    seria bom saber que está fornecendo esse “produto”, para que seja denuciado às autoridades ambientais…

    • Mario

      Cara Mariana
      Realmente esse tipo de informação é raro alguém passar, pois as vezes a própria noiva conhece um fornecedor, que não informa ao cerimonialista. Fica difícil, mas estamos tentando acabar esse tipo de atitude, sem falar dos coelhos que levam alianças, cães que entram com a noiva, entre outros tipos de absurdos. Grato , Abs.

  18. Julians

    Como só existisse casamento com padre.

    Ajudando a edmaysa: existe o google, em sites sérios vc encontrará a resposta.

    Beijinhoo

  19. Márcio Sales de Andrade

    Bom Dia Claudia,

    Entendo o seu ponto de vista, mas não concordo com ele, para isso devemos esclarecer algumas coisinhas, que vai ser breve:

    1 – Nas fotos do casamento que você postou está minha filha (menor de idade);

    2 – Associar a conduta à prática ilegal antes de se informar melhor é demasiadamento leviano, ainda com a associação das imagens aos fatos que repercutiram banstante aqui na minha cidade (e no Brasil, pelos comentários postados), ainda que houve reprodução do seu texto no site http://www.anda.jor.br com texto e comentários extremamente jocosos, já devidamente documentados por mim, que sou advogado, para providências que entendo necessárias;

    3 – O borboletário que você faz referência é licenciado pelo Ibama para tal (o único no Brasil), tivemos este cuidado antes de contratá-lo;

    4 – Divulgar imagens de pessoas (principalmente menores) sem autorização é ilegal, e ainda mais grave é indicar ato ilícito sem o ser, quanto a isto veremos depois;

    5 – Aviso que tenha muito cuidado na divulgação de suas idéias, pois podem não corresponder à verdade.

    • Mario

      Doutor Andrade, antes de mais nada peço de desculpas em nome do site e da própria Claudia que está ausente mas ela pediu-me que transmitisse alguns detalhes sobre esse post tão polêmico:
      1 – A foto foi retirada da internet e não havia nenhuma referência de restrição de uso, em todo o caso, em consideração a sua família, já retiramos a mesma do post.
      2 – Não fizemos referência a nenhum borboletario, apenas relatamos o que nos foi dito, preservando a fonte. É importante de o senhor tenha tido esse cuidado de verificar a procedência.
      3 – Como jornalista, a Claudia sempre se preocupou na veracidade dos fatos, nesse caso, relatados por mais de um profissional.

      Nunca quisemos provocar tamanha polêmica, apenas comentar, como ela sempre fez, as novidades e a tendências do mercado de casamento, com as quais ela se reserva o direito de nem sempre concordar.

      Agradeço o seu comentário e espero que compreenda a nossa posição.

    • Isa

      Que cafonice Sr.Márcio… eu teria vergonha de vir aqui se explicar e ainda ameaçar com processos.

  20. patricia

    Querida Claudia.Que saudades !Sou a Patricia da Loja do Chá no Iguatemi.Quanto tempo!Suas idéias continuam fantásticas e esse texto,vem ao encontro da sensibilidade e amor que esbanjam de seu coração.Penso o mesmo,obrigada querida,vou divulgar!

    • Claudia Matarazzo

      Oi Patricia! que bom saber de você!obrigada pelo carinho e continue a passar por aqui tá?
      Um grande beijo

      • patricia

        Obrigada minha linda,amooooo seu blog,pura sabedoria!bjooo

  21. PRA

    Quem foi o idiota que inventou essa crueldade, a imbecilidade humana não tem limites.

    • Mario

      Caro leitor
      As informações que temos é que são atos regionais e/ou culturais em determinadas localidades brasileiras. Somos críticos em nossas palestras e textos, pois apesar disso é um ato cruel, estamos tentando fazer a nossa parte – divulgar. Grato. Abs.

  22. Caroline

    Então Claudia, como umbandista, e você pediu esclarecimento, vou tentar te elucidar.
    Exú na umbanda branca é considerado o guardião, aquele que pune, protege, abre caminhos, destrói demandas conforme o merecimento de cada ser humano.. É aquele que trabalha junto a Ogum, muito chamado para limpezas, para “quebrar demandas” e inclusive levar os eguns(espiritos obsessores) que ferem a Lei e perturbam os encarnados.
    Espero ter ajudado
    Abraços
    Luz e Axé

    • Claudia Matarazzo

      Caroline, muito obrigada pelo seu esclarecimento! Muitas vezes usamos expressões que ouvimos o tempo todo sem pensar. No caso de Exu a única coisa que sabia é que era uma entidade forte, que enfrenta as coisa difíceis, e que está sempre associado a mandar embora coisas ruins. Mas realmente foi usado de forma a deixar dúvidas. Já estou com um livro sobre as entidades e por sinal estou achando bem bonito e vou me aprofundar. Um grande beijo e ajudou sim!

      • Italo

        Claudia, espero que você se retrate também em relação à difamação que fez dos padres católicos, os quais não são culpados pela loucura dos noivos de soltar borboletas. Gostei muito do seu texto, porém considero muito infeliz e injusta a difamação que você fez dos sacerdotes católicos.

        • Mario

          Caro Italo
          A Claudia já se retratou no outro post – onde explica que algumas paróquias não possuem controle total da cerimônia ou não tem conhecimento pleno das ideias das noivas. Algumas paróquias de Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e algumas cidades do sul do país, estão bem criteriosos, deixam de celebrar as cerimônias, caso utilizem alguma ação que fere os principios da igreja.
          No caso citado no posto que você se refere, o sacerdote tinha conhecimento, rejeitou, mas cedeu depois diante da pressão da família dos noivos, e o que se sucedeu foi pessoas pisando nas borboletas mortas, crianças pegando as borboletas do chão, etc… É lógico que tudo isso realizado por pessoas que tentaram imitar um outra cena porém sem os conhecimentos e preparos necessários. Infelizamente isso é mais comum do que imaginamos.
          Em nenhum momento a critica foi com relação a igreja, até mesmo o Santo Padre tem pleno conhecimento das diferenças entre paróquias.
          Espero sua compreensão e agradecemos o envio de sua mensagem.

  23. Veronica Henriques

    As pessoas perderam a ética, perderam a noção de respeito as várias formas de vida ..nosso objetivo deveria ser o de cuidar e não sacrificar outras formas de vida em prol de um “espetáculo” hipócrita e desumano. Nunca entraria em um casamento onde houvesse esse assassinato…..vergonha total do ser humano!!! lamentável

  24. Aline Marques

    Meu Deus, quanta crueldade, existem tantas coisas lindas que podemos fazer no casamento, soltar balões, pétalas de rosas, tantas…. e as pessoas preferem congelar esses bichinhos??? To de cara literalmente!! Acredito que se eu fosse em um casamento que fizesse isso, não iria nem na festa, iria embora na mesma hora….!!!

    • Mario

      Cara Aline
      Agradecemos o envio de sua mensagem.
      Existem profissionais no mercado que realizam esse tipo de ação, dentro da lei, utilizando animais dos Borboletários credenciados que capturam, preservam e soltam as borboletas, sem nenhum dano. Da mesma forma, existem cerimonialistas, que fazem esse tipo de ação e outras, dentro de um limite do aceitável.
      O que acontece, que outras pessoas tentam copiar, e buscam profissionais e falsos serviços que geram todo essa barbárie. Eles não conseguem chegar até os profissionais e através de contatos, contratam esses péssimos seres humanos. O motivo desse post, foi alertar para não realizarem essas ações sem conhecer o serviços e os ditos “cerimonialistas”.
      Espero que entenda melhor os fatos reais.
      Estamos sempre a sua disposição para qualquer outro esclarecimento. Abs.

  25. Amanda

    Ok! Concordo com o texto no que fala que é de muito mal gosto, porém vou falar por mim… Quando decidimos nos casar, procuramos ajuda de profissionais pois queremos tudo PERFEITO, escuto o que eles têm para dizer; pesquiso vejo o que eu quero e se encaixa e ainda assim sento com o profissional da área (meu caso cerimonialista), coloco para ela todas as ideias vejo sua reação e anoto a ideia como ultil e relevante ou não; ou seja acho que quando uma ” Noiva” (que é ser humano) procura qualquer profissional da área ele deve mostrar o que é bom no entanto tenho certeza que se o profissional alertar que seria algo impróprio muitas noivas desistiriam (mais isso é um mercado tão grande e caro) que muitos profissionais se esquecem por ora que estamos falando da realização de um sonho! Ou seja bem resumido até essa ideia chegar na noiva ela já foi pensada e discutida por profissionais da área (assim como foi dito no texto) e a noiva está tão empolgada e sonhando com o momento mágico que se alguém vende a ideia que será perfeito ela compra! Achei o texto muito pesado para alguém que trabalha na área, sinceramente é melhor rever seu conceito de como enxerga as noivas (que são seres humanos) e pelo que entendi é de onde vem seu sustento!

    • Mario

      Cara Amanda – respondo pela Claudia que está em palestra :realmente as noivas sonham muito, mas elas devem ter um certo discernimento e, quando elas entram nessa fase de planejar o casamento entram em uma espiral de achar que tudo pode pois será só uma vez na vida. E os profissionais ficam de mãos atadas. Como cerimonialista, já vi cenas bem pesadas como você coloca onde as noivas batem o pé e as vezes até ameaçam trocar de profissional se aquele não fizer exatamente como elas querem.
      Quanto a Claudia ter pegado pesado, pode até ter sido, mas, justamente por não fazer casamentos e atuar mais na área de comportamento empresaria que é muito mais “pé no chão”, ela não abre muita concessão para esse tipo de delírio…

      Um grande abraço

  26. Susana

    Quanto soltam pombas brancas pela paz, ninguém reclama do uso dos pássaros, não é mesmo?

    Qual o problema de soltar as borboletas?

    Se tem algumas pessoas que não sabem manusear e fazer um transporte com o cuidado adequado não se pode criminalizar o método em si, mas essas pessoas que não souberam fazer direito.

    E essa piada que as borboletas vêm da Bahia? Como se borboletas só fossem criadas lá e precisassem atravessar o país inteiro para serem utilizadas.

    Se existe crueldade é por pessoas que não são capazes de fazer o evento com o cuidado que deveria.

    O efeito delas no casamento é incrível!!! As recalcadas que me desculpem.

    Beijinho.

    • Mario

      Susana, as pessoas reclamam muito das pombas sim – embora elas não morram por ficarem presas até soltarem. Mas sofrem também. No caso das borboletas se vc não vê problema e acha que o “efeito incrível ” compensa o estrago na natureza, quem somos nós para discordar? Quanto ao fato de virem da Bahia, naquele caso específico, pelo relatado, o fornecedor ela de lá – mas é claro que deve haver outros. Até porque, assim como você o efeito incrível, outras noivas desse vasto Brasil, infelizmente também acham e vão atras.

    • Isa

      Não querida… jamais teríamos “recalque” de algo tão cruel e cafona.

  27. Patricia

    Cláudia,
    O padre não tem nada a ver com essas imbecilidades. Falta de respeito com a religião católica dizer que o padre permite algo que não tem como controlar.
    Pode ate colocar regras quanto a músicas, decorações e outras coisas possíveis de controlar, mas uma noividade ele não tem como prever ou sequer aprovar.
    Vale lembrar inclusive que muitas dessas cerimônias acontecem fora de igrejas católicas e por pessoas de outras religiões.

    • Mario

      Cara Patricia, nesse caso e da maneira como foi relatado, o padre sabia – não tenho como questionar ou verificar se foi isso mesmo. Mas porque mentiriam?E de qualquer pode ser um caso isolado em que o pároco cedeu a pressão. Outros realmente ficam firmes. Em todo caso o absurdo é contratarem esse tipo de coisa dentro ou fora da Igreja

  28. Italo

    Concordo com o texto!!! Absurdo esse tipo de atitude!
    Porém, os padres estão ali só para realizar a cerimônia religiosa do casamento, a culpa não é deles.
    Quem tem culpa mesmo, na minha opinião, são as noivas que compram tamanha barbárie pro seu casamento e essa empresa horrorosa que comercializa crueldades.

    • Mario

      Caro Italo

      Concordamos com você. As vezes o casal de noivos , obtem a ideia das redes sociais ou revistas , porém na região não possuem os Borboletários Licenciados e não conhecem os profissionais para realizarem essa tarefa. Surgem pessoas interessadas em ganhar dinheiro e assumem essas ações que geram esses atos de barbaries. Existem os procedimentos corretos, sem nenhum dano e nenhum atividade ilegal, porém são raras.
      Agradecemos todos os seus comentários. Abs;

  29. Italo

    Só discordo de uma coisa: o padre não é o culpado por essa palhaçada que OS NOIVOS contrataram de uma empresa cruel. Achei totalmente imprópria e desnecessária essa difamação dos padres. Isso também foi um desrespeito para com a Igreja Católica.

    • Mario

      Caro Italo,
      Nossa resposta já foi enviado no seu outro comentário. Claudia já se retratou no post “Casamento: Borboletas” publicado hoje. Agradeço e espero que entenda a nossa resposta. Abs;

  30. Italo

    Pois a Cláudia deve também se retratar pela difamação que fez dos padres católicos, os quais não são culpados pela loucura dos noivos!!!

  31. Aline

    Meu Deus, como pode uma pessoa não ter um pingo de compaixão, de amor com os animais, um ser vivo… Eu achei que fosse mais um desses sites de piada, to horrorizada, cadê o Ibama, isso é Crime, crime, essas pessoas, nem sei se posso chamar de pessoas, tem que ser punidas.

    • Mario

      Cara Aline
      Existem essas noividades, que chamamos, e algumas pessoas tentam realizar o que viram em revistas ou pela internet, mas não conseguem chegar até os profissionais credenciados para isso. Enquanto isso, existem outras pessoas que aproveitando dessa situação, criam um falso portfolio de serviços, e realizam esses eventos sem nenhum critério – gerando esses absurdos. Existem Borboletários credenciados e preparados para capturar, condicionar e soltar as borboletas sem nenhum dano, mas são raros. Da mesma forma os profissionais que se propoem a isso ditos,”Cerimonialistas” envolvem os noivos numa esfera de sonhos, porém o resultado é totalmente danoso. Com crianças pegando as borboletas mortas e jogando pro ar, e os adultos pisoteando as coitadas que falecem na nave da igreja.
      O nosso post , foi no sentido de despertar os casais e profissionais para que realizem eventos porém usando os critérios previstos em lei, na proteção animal, e na coerência dos fatos.
      Agradecemos a sua mensagem. Estamos sempre prontos a esclarecer. Abs.

  32. Carla

    Não há nada mais cafona do que transformar a cerimônia de casamento em um espetáculo. Metade dos noivos que protagonizam esse show não continuarão casados quando se derem conta do que um verdadeiro compromisso implica.
    Restarão as fotos e a vergonha alheia.
    Patético.

  33. Jefferson

    Quando penso que já vi de tudo nessa vida, sou surpreendido com mais uma imbecilidade desta.
    Einstein tinha razão ao afirmar que apenas duas coisas são infinitas, o Universo e a Estupidez humana, quanto ao Universo ele ainda tinha dúvidas.
    Como tem pessoas que estrapolam os limites sem respeitar o espaço alheio.
    Não vê que não estamos aqui sozinhos e não temos direito de ferrar com a vida dos outros, inclusive dos animais.

  34. chris

    Por isso que tá cheio de gente casando, não demora muito separa, deve ser a praga da borboletas. Kkkkkk. Não respeitam a natureza e querem ser feliz nesse mundo.

  35. Tally

    Gostei do texto e acho extremamente necessária a denúncia desse absurdo, mas me incomoda muito (e não é de hoje) esse descuido com o texto com inúmeros erros de grafia, concordância e pontuação.

    • Claudia Matarazzo

      Talo tem razão! É que as vezes tenho que editar em trânsito de tablets e escapam esses erros.
      Prometo prestar mais atenção. Mas pode continuar nos alertando tá? Um beijo

  36. Rosely Bastos

    Concordo com tudo, mas dizer que é coissa de vampiro !!!!!!!
    ABSURDO. Vampiro não faz isso não…

    • Virginia

      Queridos,
      Td bem? Acho que gosto cabe a cada um sobre ser ou n ser cafona, etc e tal! Em meu casamento SOLTEI SIM, 2 caixas com n sei quantas borboletas e foi SIM, MUITO LINDO! Emocionante e se meu casamento fosse esse ano, soltaria de novo e de novo e de novo. N me acho uma imbecil por isso, tão pouco alguém com cerebro congelado, mt pelo contrário! Sou mt diferente de vcs qie querem polêmica! Agora me diz: oq tem haver soltar borboleta com felicidade na vida matrimonial? Quem sao voces para julgar quem ja soltou borboleta???!! Ja li comentarios q chamaram de noivas ASSASSINAS, e a propria jornalista chamando a mesma de VAMPIRA E mandando os maridos terem cuidado! Por que isso??? Vc, Claudia, é publica, pessoa de forte influencia, tem sua opniao, ok, respeito e concordo, mas como TUDO na vida tem seu jeitp e mandoera cera de falar! Cuidado com suas palavras. E diferente do q desejam por ai, eu como a noiva q soltou borboletas, desejp MUITO AMOR PRA VCS, mt paz e humildade. Fiquem com Deus!
      Ah, meu marido tem q ter cuidado eh sim
      Com gente doida como vcs!

  37. Anna Júlia

    Maravilhosa! Você me inspira mulher! Falou todo ????????????

  38. Carolina

    Boa tarde,
    Cara Cláudia estou indignada com a forma q vc fez esta matéria apenas se baseando no q ouviu dizer sobre eventos q tiveram as borboletas mas pelo visto em momento algum vc foi investigar pra ver se é verdade. Pois então, não é verdade não!
    Vc por acaso procurou o borboletário pra se informar se as informações procedem? Pelo visto não né!
    Este borboletário possui licença do ibama pra comercialização, faz tudo muito bem direitinho sem causar danos e estresse aos bichinhos.
    Eu fui consumidora, ou seja, tive a soltura em meu casamento e te garanto q vc escreveu muitas informações erradas.
    Sou zootecnista (profissão q trabalha com produção animal) e sempre trabalhei com bem estar animal e jamais utilizaria de processos q não se enquadram nesse conceito num dos momentos mais importantes da minha vida.
    Bem, as borboletas NÃO chegam congeladas ou estariam mortas! Nenhum ser vivo consegue reviver após ser congelado! Os responsáveis do borboletário NÃO orientam q os animais sejam colocados em geladeira, muito pelo contrário! O espaço dentro das caixas para a borboleta é o que se prevê para que se movimentem sem danos a sua saúde.
    Você por acaso sabe o que é hibernação? Acha um horror um urso hibernar? Não né?! Então, como vc acha que as borboletas sobrevivem a invernos rigorosos e com neve? Vc acha q elas congelam e se descongelamento e voltam a viver???? Não elas hibernam assim como os ursos! Então mesmo se houvesse utilização da baixa temperatura para inatividade da animal não estaria se cometendo nenhum crime e sim apenas induzindo q o animal expresse um um comportamento que já é seu.
    Sua matéria foi sensacionalista de baixo escalão! Vc não precisa gostar mas antes de escrever deveria sim pesquisar sobre o q vai escrever e também deveria tratar com mais respeito às noivas q divergem de seus gostos pessoais e que diferente de vc se informam antes de qualquer outra coisa.
    Eu não sou nenhuma vampira, mas vc já não sei…. pra soltar uma matéria tão sensacionalista q te garantiu tanto “sucesso”….

    • Claudia Matarazzo

      Carolina, realmente as borboletas não chegam congeladas elas são colocadas na geladeira – sempre segundo os relatos e que, repito não tenho porque duvidar pois foi mais de um – e “desmaiam” para serem acordadas”na hora de voar. E até voam. Por poucos segundos – pois depois ainda segundo mais de um relato, elas caem desnorteadas e fracas e morrem.

      Posso ter pegado pesado ao usar a expressão noiva vampira mas, continuo achando de mau gosto. As bichinhas caem pela nave, as crianças tentam faze-las voar novamente enfim …uma cena desnecessária. Se no seu casamento nada disso aconteceu é porque, certamente como zootecnista você tomou os cuidados necessários – coisa que raramente acontece em uma preparação de um evento em que as cerimonialistas estão atendendo a muitos outros detalhes e, compreensivelmente ficam indignadas em ter que atender a esse tipo de fantasia que nada tem a ver com a cerimonia religiosa. No mais, graças a Deus não preciso de nada sensacionalista para ter sucesso – sempre dei conta de minhas atividades com alegria que acho é o que me garante a fidelidade de leitores em mais de 30 anos de carreira e 18 livros publicados.

      Mas entendo que as pessoas queiram dar asas a fantasia ( com o perdão do trocadilho) e para isso usem desse tipo de novidade.

  39. Renata

    DONDOCAS RIQUINHAS E AFINS… SOMOS CONTRA AS BORBOLETAS, ROUPAS DE SEDA, ANIMAIS NA CERIMÔNIA, PRECONCEITO….. SOMOS UM BANDO DE PAU MANDADO…. SE A IDEIA TIVESSE SIDO DELA (CLAUDIA) ISSO SERIA TOP… NÃO EXU!!!! HIPOCRITA….. VÁ CONHECER UM CRIATÓRIO, NÃO SE CONGELA BORBOLETAS, QUEM FAZ ISSO É QUE É O ANIMAL DA HISTÓRIA, ELAS VEM ACONDICIONADAS IGUAL SEU CACHORRINHO QUANDO VC VAI PRA EUROPA E LEVA ELE JUNTO, COM RAÇÃO E NÃO PODEM SOFRER VARIAÇÕES DE TEMPERATURA… ENTOMOLOGIA… VAMOS ESTUDAR ANTES DE FALAR… METER O PAU TODO MUNDO SABE… NOIVAS COM VESTIDO DE SEDA SÃO HIPOCRITAS PQ USAM MATERIA DE EXPLORAÇÃO DE MÃO DE OBRA INFANTIL QUE VEM DE UM INSETO….. CADA COISA QUE EU TENHO QUE VER NA VIDA!

  40. Pingback: Noiva 6 Vezes Sem Noção – Mas Pode Piorar! | Claudia Matarazzo

  41. Pingback: Futilidade: nova “tendência” cruel em casamentos é congelar borboletas para jogar na cerimônia – Jornal Ciência

  42. Pingback: Futilidade e crime: Noivas congelam borboletas para cerimônia de casamento – Sentiens

  43. Pingback: Futilidade e crime: Noivas congelam borboletas para cerimônia de casamento | Olhar Animal

Muitas das imagens do nosso blog vem de fontes diversas, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Nenhuma das fotos pertencem ao CLAUDIA MATARAZZO, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso blog e você desejar sua remoção, favor enviar um email para contato@claudiamatarazzo.com.br que prontamente a retiraremos do ar.
Pictures for this blog come from multiple sources. None of the pictures belong to us unless otherwise noted. If one of your pictures is on the site and you want it removed please write to contato@claudiamatarazzo.com.br.