Em 2021 seja seu próprio P.O

Já fez isso durante a quarentena? Eu também. E descobri que foram necessárias mais de 3 “limpezas” – até agora – para a casa ficar no jeito para encarar janeiro de 2021- quando me proponho a… realmente reorganizar o espaço!

Sim, e só depois disso, vai dar para renovar, mudar decoração de coisas velhas etc. Poderia chamar uma das minhas muitas ex alunas que são Personal Organizer (P.O) para fazer isso, mas, prefiro seguir suas dicas e fazê-lo pessoalmente. Porque apenas nós mesmos sabemos das nossas coisas e dos destinos que queremos dar a elas. E enquanto fazemos isso, organizamos não apenas o espaço, mas também as memórias – e o presente.

Por que é preciso organizar – todos nós – alguns mais outros menos – nesse ano ficamos literalmente cara a cara com nossas casas 24 horas por dia. Com isso, percebemos nela outras necessidades, vários defeitos e muitas qualidades claro. Nossas necessidades mudaram – assim como a rotina. Daí ser essencial começar o ano com essa bem vinda mudança: sua casa como você realmente deseja e precisa

Dispense 20% do que você tem – você sabia que esse é o volume de “lixo” (ou itens dispensáveis) contabilizado por todas as organizadoras em seus relatórios finais aos clientes? Não parece, mas acumulamos, compramos por impulso (e errado), compramos em excesso…  por isso é tão importante reavaliar e adequar. Quantos antes melhor.

Escolha o seu Método – não precisa fazer tudo de uma vez, mas planeje e siga o cronograma. Há quem prefira um cômodo por dia, outros preferem começar dos fundos… eu prefiro começar pelo cômodo que mais uso que acaba acumulando tralhas. O resultado é tão bom que anima a gente a continuar!

Pesquise embalagens e recipientes – dê uma busca as novidades de embalagens e outros produtos que podem facilitar sua vida: existem sacos a vácuo que economizam espaço, colmeias grandes e pequenas para todo tipo de item avulso e produtos de limpeza e restauro de móveis e couro que sequer imaginamos…

“Fico com isso ou desapego”?  – a solução para esse eterno dilema é estar preparada com 3 super sacos etiquetados com “Resolver”, “Arrumar” e “Doar/Vender”.  E antes que perguntem, não existe saco de “Ficar:” Esses itens devem ser colocados em seus lugares imediatamente. Ficou na dúvida onde colocar? Então não precisa daquilo – e vai para um dos mega sacos…

Ele se aplica a roupas que não são usadas há mais de… 2 anos! Salvo casacos de neve, roupas de esqui e outras sazonais muito especificas, as chances de você usar algo que nem lembrava que tinha e está lá há tanto tempo são mínimas…

Pois é, em um momento em que nossas vidas mudaram tanto, não tem como continuar a viver em uma casa igualzinha, ou nos vestirmos de maneira igualzinha: se trocamos de carro, de seguro e até mesmo de amores, nesse momento de tantas mudanças, nossa casa, espaço íntimo e refúgio, tem que acompanhar – não acham?