Ôla na Praia – dica bacana para encontrar crianças perdidas

foto mostra um menino de aproximadamente 8 anos gritando de costas para o mar

 

Gabriel Medina, hoje é campeão mundial de surf – mas quando era criança, gostando tanto de mar,  já imaginou quantas vezes sua mãe se desesperou e teve que correr atrás do filho perdido?  Toda mãe já passou por isso pelo menos uma vez – e não importa se a praia é descolada e menor como Toque Toque Pequeno no Litoral Norte de São Paulo ou, pior, uma imensidão com gente a beça como Copacabana no Rio de Janeiro.

Em  Punta Del Este no Uruguai e algumas praias na Europa todos já adotaram um expediente interessantíssimo que, acredito, seria utilíssimo se adotado em nossas praias.

Da primeira vez ele não entendeu o que era aquilo pois mal reparou quando ouviu algumas pessoas aplaudindo perto de onde ele tomava sol. Pouco a pouco o aplauso contagiava toda a praia como uma imensa “Ôla” em estádio.

De repente um movimento perto de seu guarda sol e a ôla parou. De modo que ele achou que era alguma manifestação em homenagem a natureza.

No dia seguinte o aplauso se repetiu, desta vez, vindo espontaneamente de um ponto mais distante e chegando em ondas até onde ele estava, propagando-se até o fim da praia. Curioso, perguntou do que se tratava.

“ Estamos avisando a todos na praia que tem alguma criança perdida que foi achada. Através do aplauso a mãe – onde estiver – se acalma (ou é alertada) e localiza a criança seguindo o rastro das palmas” – explicou uma senhora.

Cesar contou que na semana que passou em Punta praticamente todos os dias havia uma Ôla (quando não duas vezes por dia) – e rapidamente a criança era localizada.

Ora, sabemos que nessa época, com nosso litoral exuberante vivem acontecendo casos assim. Sugiro propagar a prática – pois quem tem filhos pequenos sabe o sufoco que passamos quando elas se perdem, por cinco minutos que seja.

É muito mais eficiente do que desesperar-se e sair gritando loucamente feito barata tonta.

Quem encontrar a criança coloca- a no ombro, (para facilitar a identificação da mãe) avisa as pessoas por perto e começa a Ôla.

Segundo meu amigo, entre o início do aplauso e localizar a criança, a coisa toda nunca ultrapassou 15 minutos – relativamente pouco tempo. Vamos divulgar?

 




Chá da tarde: como receber com elegância

afrenchgardenhouseteagarden

Versátil e mais informal é ideal para receber desde amigos da mãe – ou dos filhos, colegas de trabalho e até para uma reunião comercial mais descontraída com os antigos amigos da escola.

E hoje, há muuuuuitos sabores – um melhor do que o outro – embalados  sachês (conhecidos como chá de saquinho). Os da Twinings, além de ter o selo de garantia da preferência da família real britânica (imaginem o grau de exigência de sua Majestade a Rainha Elizabeth II), são mais fáceis de servir, pois requerem apenas um bule de água fervendo. A diversão é certa, pois escolher e variar o sabor acaba sendo parte da farra.

Abaixo o cardápio completo – mas que você pode tornar mais básico:

  • três tipos de chá  – sendo pelo menos um gelado
  • água e sucos
  • leite (para acompanhar o chá)
  • bolos (um mais seco e um mais cremoso)
  • torta doce
  • croissants
  • dois ou três tipos de pães
  • geléia (não pode faltar a de laranja, que é menos doce
  • manteiga
  • queijo fresco
  • presunto fatiado
  • pão de queijo
  • limão em rodelas (para o chá)

Não é recomendado servir café, afinal, chá é chá, e o cafezinho descaracteriza a ocasião. Apesar de ser conhecido como chá da cinco, o horário correto (pelo menos na Inglaterra) é 16h, indo, no máximo até as 19h.

colunas_vamos_receber_cha_da_tarde_01

O aparelho de chá é a grande estrela e deve estar completo, não importa se de prata, porcelana ou cerâmica. Pode ser um lugar colocado de forma mais elaborada ou até mesmo mais informal como esse abaixo, da minha linha de porcelanas Aquarela das Porcelanas Schmidt . O importante é o capricho.

sobre uma mesa , coberta com uma toalha branca, um jogo americano em azul pastel, transparente, guardanapo em renda branca , com um prendedor com um pedra cristal, garfo e faca prateada, um prato de sobremesa em vidro transparente com borda dourada, e sobre ele o pires em porcelana aquarela, floral claudia matarazzo, e xícara com detalhe floral na parte interna. Ao lado um copo de vidro com agua.

Manda a tradição que a dona da casa sirva pessoalmente o chá para cada convidado. É um gesto carinhoso, mesmo com os serviços de uma copeira. É claro que se for um chá para 30 pessoas, você fica dispensada da tarefa. Pensando bem, talvez, vinte….




Carnaval: fantasia de crianças para fazer em casa!

fantasia+infantil_claudiamatarazzo

Que charme essa palhacinha, não? Uma saia feita de retalhos, tecidos coloridos, meias divertidas e uma camiseta branca: ta pronta para pular o Carnaval.

6d8fa89751faf0c83726e596b787c0be

Que graça ficou o Mini Picasso! E dá pra fazer em casa, hein?

princess-leia

Tenho certeza que os personagens do Star Wars vão aparecer com tudo nesse Carnaval. Se tiver um vestidinho branco no armário, aproveite e leve sua Princesa Leah para o baile! Nesse caso, o cabelo é o personagem principal.

Cat

Fofurice pura essa gatinha. Com o calor que anda fazendo, melhor um maio em vez do collant preto, né? Mas vai brilhar de qualquer jeito.

Butterfly

Simplesmente enlouqueci com a borboleta. E olha que dá pra fazer em casa. Nem precisa saber costurar, cola de tecido funciona que é uma beleza.

Surgiu uma matinê de última hora? Arrase na pintura facial. Simples e gracinha demais.




Como fazer embrulhos criativos para presentes de natal

4a15738028cb788517a0157afbb6d333

O papel craft, ou pardo é uma mão na roda. Quer ver?

f8319a38417621768eb3c6e028bf1f3d Olha só que bacana: fotografia nos embrulhos. Dá até para imprimir em casa mesmo, o que vale é que a foto traga uma boa recordação. Fora que uma bela imagem já é quase um presente, não?

f81f2b10c1513540b8b01e4d973fb745Tão simples e tão simpático. Dá para soltar a imaginação com infinitas possibilidades. Eu, que não tenho o menor talento com as mãos, faria esse aí tranquilamente.

2c52800fcaa9d9789a8fe53dda201312

Pedaços de lã dão o toque final. Pode ser uma letra, um desenho, enfim, libere sua criatividade.

dbf91355d714e09289005d394dc22daeQue criança não vai pirar com essas renas?

9f93e9a6a938fb43640de34646febd3cE o boneco de neve? Muito bonitinho!

8af879586893e220116a6573fc43cc29Olha que caixinha maravilhosa dá para fazer com o rolo de papel higiênico. Um detalhe em papel ou tecido, um laço bonitinho e pronto!

23b54f229ef473c814118940387293dcO laço é o personagem principal neste embrulho. As folhagens podem ser encontradas em qualquer loja de material natalino. E o charme da identificação? Amei!

0dc58424fc85c4b1df6f4d22acc5f988

A beleza aqui está no composé de cores e detalhes.

8eb394f2f0c820a283fb66a5cced7370

Mais um pouco de composé: brinque com as cores e padrões.

31479a143e92937a69f9fffa9c2deee7Amo esses sacos de juta. Cores de natal: raminhos verdes, fita vermelha e o enfeite dourado

337f524236bf62734f688e105ca4acd9Papel preto, canetas brancas e voilá: presentes lindos e divertidos.

0bafa299c966d5d9f309ebcedb70d80a

Simples e chique. Como não amar?

Um embrulho feito com carinho é tudo de bom. Divirta-se!

 




Ovo de Páscoa em Pote: vai da Festa para qualquer lugar !

FullSizeRender


A diferença destes que você está vendo aqui é a qualidade artesanal, o capricho no visual e o sabor – que não dá pra resistir!
Michele Muller começou sua fabricação para complmentar a renda no começo desse ano de crise. Não deu outra: na Páscoa, faturou – em pleno ano de Crise –  nada menos que 6 mil reais vendendo  para amigos e conhecidos que não queriam pagar uma fortuna por um mini ovo de chocolate.E que e apostaram nos sabores de Michelle.

FullSizeRender 3
Um melhor que o outro pra dar água na boca: coco, chocolate, paçoca, churros, cenoura com chocolate, nozes, leite com creme de avelã….entre outras delícias!

O sucesso foi tamanho que hoje o marido ajuda na fabricação e, quando apertam os prazos, até mesmo a filha mais velha de 9 anos entra na roda – pois ela continua fabricando em casa.

Nesse tempo Michelle acrescentou ao seu cardápio pão de mel e caixinhas de brigadeiros gourmet ( de vários dabores) com 4 unidades

FullSizeRender 5

O preço ajuda: seja com as  caixinhas lindinha, pote de plástico individual para festas, (em pedidos a partir de 20 unidades).e até mesmo a sua bike de docinhos em que  leva os brigadeiros e tabuleiros em casamentos e festas maiores – e arrasa!

Se você mora no Rio de Janeiro ou perto, experimente e me conta!

Contato: 21 967794334 ou 21 3298 4306
Facebook : mullerbrigadeiros
Email: mullerbrigadeiros@gmail.com