Como usar seus óculos escuros sem medo…

Óculos escuros tem várias conotações: podem ser usados para esconder, disfarçar, glamorizar e proteger simplesmente, claro. O fato de vermos poucas autoridades publicas usando-os não tem a ver com protocolo, mas sim com a necessidade dessas pessoas – por questão de mídia e imagem – de terem a fisionomia facilmente reconhecível (o que, com óculos escuros dificulta e pode parecer que estão de férias quando querem passar a ideia de eficiência).
Porém, em um evento ao ar livre e com muita luminosidade, nada impede que usem. Se possível, tirando de tempos em tempos para permitir uma visão melhor dos olhos e do olhar. Não é deselegante, desde que nos lembremos que os olhos devem ser descobertos de tempos em tempos. Se até a Rainha Elizabeth II da Inglaterra usa, sem medo, porque bani-los de eventos com excesso de luminosidade?



Homens – caprichem na roupa íntima!

tres homens em trajes íntimos, o da esquerda, está na lateral apenas com uma camisa xadrez grena e branco , cueca branca e meia preta, o do meio está de costas rente a uma parede, usando camisa azul em vários tipos de xadrez azuis, cueca branca e meia branca e o terceiro a direita, está junto a parede, porém de frente, usa camisa xadrez varias padronagens, cueca branca e meia azul escura, todos estão sem calças.

Pois é: a Roupa íntima deles também é importante. Meias por exemplo: não basta que estejam sem furos – mas é preciso lembrar que, ao tirar a roupa as meias, devem ser tiradas antes da calça pois homem nenhum resiste ao binômio cueca/meias .

homem jovem, musculoso, sentado num sofá , rente a uma janela de vidro, ele lê uma pagina de jornal, usando apenas uma cueca azul, camisa social branca, e meias de cores quadriculadas.

E por falar em cuecas: use sim. Sem essa de andar pela casa de camiseta e meias… par de pernas peludas ou qualquer outro acessório balançando livremente por baixo da mais charmosa das camisetas, dificilmente constitui uma visão elegante – muito menos estimulante. Se é pra refrescar, encare e adote o nú total.

 Meninos atenção! – voltando as meias, elas devem vestir como uma segunda pele: não podem estar desbotadas ou desbeiçadas. E muito menos, ser de um tamanho maior que seu pé viu?

Exagero? Pois Imagine Rodrigo Santoro, Fábio Assunção, Fagundes ou o Brad Pitt vestidos assim – nem eles resistem, garanto…

 

 

 

 




Hóspedes no Carnaval: e agora?

 

 

Detalhe da piscina do Hotel Lara, Aquiraz, Ceará, onde temos duas cadeiras de descanso, em madeira, ao fundo um lindo jardim com palmáceas.

Hotel LARA. Prainha Aquiraz Ceara. Brasil 03/2015 © david atlan

Não é fácil fazer seus hóspedes se sentirem como eu me senti quando estive no Lara Hotel dessa foto acima. Para um anfitrião todo cuidado é pouco, mas com uma dose de atenção é possível minimizar e prevenir aborrecimentos que podem acabar em mal entendidos desnecessários.

Combine antes: ao convidar já indique a partir de quando vale a hospedagem, mas também até quando! Dependendo do número de hóspedes, não é pecado pedir para que levem roupa de cama e banho. É melhor pedir do que faltar na hora e seus amigos se sentirem desguarnecidos, não acha?

 Regras claras – cabe ao anfitrião deixar seus hóspedes confortáveis e “a vontade” claro, mas eles só ficarão assim de fato se souberem exatamente onde estão pisando. De modo que, não hesite em deixar claro desde o início quais são as regras. Nada de “sinta-se em casa, a casa é sua, faça o que quiser”- sabemos que não é bem assim.

Manual da casa –  faça um, por que não? Com os horários, indicação de o que está onde, qual a programação prevista, locais chave perto de casa, e se for o caso entregue junto com uma cópia da chave da casa para deixa-lo independente.chaveiro vermelho escrito hóspedes

Libere espaços– se vai hospedar alguém em quartos que já estão sendo usados, é essencial liberar pelo menos uma gaveta ou prateleira e um pouco de espaço no guarda roupas para que seu convidado possa arrumar pertences. Sem esquecer os cabides, pelo menos 5, tá? Lembre que a alternativa é deixar tudo sobre a cama ou dentro da mala aberta no meio do cômodo…

Geladeira comunitária – entra no quesito de “combine antes”: peça que cada um  leve o que costuma comer no café da manhã. Assim essa refeição fica resolvida e você só precisa providenciar o café com leite e pão básicos…

 

Nas demais refeições divida as tarefas: alguém se encarrega de não deixar faltar bebida e gelo, o outro cozinha, outro ainda gosta de fazer sobremesas e, claro, há os momentos de comer fora. Mas precisa ser combinado para funcionar e não sobrar para você…

Hóspede que volta – é aquele que não abusa e ajuda. Portanto leve sim uma lembrança para seu anfitrião e fique ligado para  colaborar – desde as pequenas tarefas como tirar a mesa e preparar aperitivos até (se for o caso) levar as crianças para um programa para aliviar os pais por um período. Só não vale mima-los demais no processo e voltar com a galera se rebelando contra a ordem já estabelecida. E evite cair de boca em iguarias diferentes da geladeira que você não sabe a que estão destinadas…

Intimidade– banheiros comuns pedem discrição e rapidez. Sem banhos demorados demais: passe cremes e tire a sobrancelha no quarto – de modo a liberar logo o chuveiro. E lembre de levar sua nécessaire junto para não passar aperto e deixe o lugar como encontrou antes de usar.

Ainda, por melhor que esteja a estada, cumpra rigorosamente o prazo e vá embora na data prevista. E, assim que chegar em sua casa, mande um mimo agradecendo mais uma vez: além de imensamente apreciado, certamente vão lembrar de você com saudade…




Camisa Branca: mais que um curinga

 

camisa branca com manga 3/4 sem botões. A amarração é feita com três tiras do próprio tecido. Está sendo usada com uma calça com a boca larga e bem colorida.

Camisa branca de mangas curtas em tecido mais estruturado usada aberta sobre saia de malha alaranjada evasé na altura dos joelhos. Por baixo, uma camiseta regata em tecido compõe o visual.

Pode ser usada com calças Jeans – de forma esportiva, com o colarinho levantado sem perder a classe.

Com Calças Capri – use com sandálias altas para ficar sensual – ou sapatilhas bem femininas pra ficar confortável… A calça sequinha permite fantasias com cintos de pedras, faixas coloridas. Ou simplesmente a camisa para fora ….

Com saias-lápis para trabalhar – fica prá lá de elegante e não tem erro!

Com saias rodadas de verão – para ficar com cara de atriz de cinema em férias.

Com shorts de todas as cores: – aberta com uma regata por baixo ou mesmo fechadinha, amarrada na cintura. A grande vantagem é de ela ser um clássico é que permite várias ousadias como nas fotos com esses modelos, todos da Nutria.

Camisa branca de mangas longa arregaçadas presas no cotovelo por uma alça do mesmo tecido. Usada com uma bermuda de linho com listras finas em tons suaves de azul, creme e verde água.




Como fazer brindes presidenciais – saudações perigosas

Presidente Jair Bolsonaro , durante o almoço de recepção no Itamaraty , oferecido ao Presidente Maurício Macri, em visita de cortesia .

Direita e esquerda: Essa divergência em vários assuntos podem gerar muitas confusões, até mesmo numa mesa de jantar ou banquete oficial – Já falamos sobre o costume de se brindar com a mão direita que remonta dos tempos em que Reis e Rainhas – O único momento em que os convidados ficavam próximos do monarca era à mesa, na hora das refeições e eram assassinados no momento em que, desprevenidos, levantavam um brinde e alguém próximo atacava (em geral com faca ou espada). Pelo visto nossos governantes nunca ouviram falar… Vejam nas outras fotos abaixo e vai ver que, independente e corrente ideológica, o ex-presidente Michel Temer, como Dilma Rousseff com Evo Morales, nessa imagem erguem a taça com a mão esquerda – seja com a Rainha Silvia da Suécia seja com o presidente Maurício Macri da Argentina.

Na imagem de abertura deste Post, o Presidente Jair Bolsonaro finalmente acerta: ergue a taça com a mão direita (correta).  Apenas não entendi porque a dele é de um modelo diferente (dos antigos) da flute usada pelo Presidente Maurício Macri – uma vez que, para esse momento do brinde é usado o mesmo tipo de vinho para todos e a taça usual é a flute longa… Mistérios de um serviço atrapalhado – que só fez deixar a imagem confusa…

Brasília – O Presidente da Bolivia, Evo Morales e a Presidente Dilma Rousseff durante almoço no Itamaraty (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Brasília – O vice-presidente da República, Michel Temer, e a vice-presidenta da Argentina, Gabriela Michetti, durante almoço no Palácio Itamaraty (Marcelo Camargo/Agência Brasil).